Operários caem de andaime em Águas Claras

//Operários caem de andaime em Águas Claras

Na manhã da última quarta-feira (12), dois operários caíram de um andaime de um prédio na Rua 31 Sul. Um morador acompanhou a situação pela janela, e segundo o mesmo os trabalhadores rebocavam a parede quando um dos cabos soltou, e com o impacto da queda o cinto de segurança se rompeu e um deles caiu. Os operários trabalham no quinto andar, por volta de 15 metros do chão.

Alcides Ferreira conseguiu se segurar na estrutura do 4º andar e foi socorrido para o Hospital Regional de Taguatinga (HRT) consciente, orientado, com suspeita de fratura no braço esquerdo. Juscélio Oliveira Dantas, de 54 anos, não resistiu, e o óbito foi confirmado ainda no local do acidente.

Rodrigo Figueiredo Jericó, 42 anos, é encarregado no prédio ao lado da obra e chegou ao local antes do socorro chegar, acompanhado de uma senhora técnica de enfermagem. “Vi uma poça de sangue na região da cabeça, escoriações nas mãos e a respiração ainda bem fraquinha. A técnica aferiu o pulso e disse que não conseguiu aferir. Desespero total dos trabalhadores, gritando e chorando muito. Alguns operários gritavam ‘Eu avisei’, ‘Eu falei'” contou.

Os dois operários estavam usando equipamentos de segurança. Em nota, a Antares Engenharia, responsável pela obra, afirmou que “está apurando internamente os fatos e prestando toda assistência às famílias das vítimas”.

“A organização lamenta profundamente o ocorrido e ressalta que tem 34 anos de atividade, atuando sempre em obediência às regras de segurança do trabalho, sem nunca ter registrado uma fatalidade como essa”

No último ano de 2018 os acidentes de trabalho  no Brasil causaram 653 pessoas em 2018. Os dados são do Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho, do Ministério Público do Trabalho (MPT) e da Organização Internacional do Trabalho (OIT) e consideram apenas os casos que foram comunicados ao Ministério do Trabalho.

Houveram 184.519 acidentes de trabalho, consideradas as notificações feitas até o dia 27 de abril. Entre os casos mais comuns estão os cortes, lacerações, fraturas, contusões, esmagamentos e amputações.

Segundo informações, as empresas responsáveis pela segurança devem estar atentas para que acidentes desse tipo não ocorram. Os operários estavam usando equipamentos porém os cabos do andaime não estavam firmes o suficiente.

A Polícia Civil foi acionada para fazer a perícia no local.

Faz o seguinte, segue o nosso Instagram. Dessa forma você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras

Além disso, para participar do nosso grupo de Whatsapp DFÁguasClaras, envie seu número para [email protected] ( Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie email solicitando o ingresso [email protected]
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras 
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras
Ouça toda terça às 20hs (Web Rádio DFÁguasClaras) o programa Vivendo Águas Claras, um bate papo sempre muito produtivo sobre nossa cidade. Além disso, sempre com um convidado especial e sorteios de brindes para nossos ouvintes.
Para ouvir basta acessar www.dfaguasclaras.com.br

Ademais, aqui em baixo você pode conferir uma entrevista ao nosso próprio jornal impresso contando sobre a história do DFÁguasClaras.
Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje temos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.