Secretaria de Saúde do DF confirma caso da varíola dos macacos em Águas Claras

 

A Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF) confirmou, na tarde desta segunda-feira (18/7), a transmissão comunitária da varíola dos macacos (“monkeypox”) na capital federal. Ao todo, são 12 casos confirmados da doença.

Por volta das 18h, a secretaria confirmou mais dois casos da doença na capital federal, que vieram de notificação de um laboratório da rede particular do DF. Dos 12 casos confirmados, a pasta confirmou que os pacientes são moradores de Águas Claras, Ceilândia, Itapoã, Plano Piloto, Park Way, São Sebastião, Vicente Pires e Riacho Fundo II. A pasta, contudo, não especificou quantos foram confirmados em Águas Claras.

A amostra duas duas últimas confirmações serão enviadas pela secretaria ao Ministério da Saúde para a validação junto ao laboratório de referência nacional. Além desses, a pasta investiga um paciente que não possui lesões viáveis para confirmação laboratorial, que chegou ao conhecimento da pasta através de busca de contatos. Somados, são 14 casos suspeitos em investigação.

 

Transmissão comunitária

Com a confirmação, a varíola dos macacos deixa de ser uma doença rastreável pela secretaria, já que não é mais possível identificar a origem da infecção, independente se pessoas contaminadas vieram ou não de viagens internacionais, por exemplo.

A varíola dos macacos é uma infecção viral rara e a maioria dos pacientes se recupera em algumas semanas, segundo o sistema público de saúde do Reino Unido (o SUS britânico). Geralmente, os sintomas são parecidos com os de uma gripe e há inchaço de gânglios linfáticos. Posteriormente, progride para uma erupção de bolhas pelo corpo todo.

 

Nota técnica

Com o avanço de casos no país, a secretaria distribuiu uma nota técnica aos profissionais de saúde das redes pública e privada, com orientações para tratamento e manejo da doença. As instruções da nota técnica apontam que os pacientes suspeitos devem ser mantidos em uma área separada até receber o atendimento médico, encaminhando o paciente para uma ala de isolamento com outras pessoas o mais rápido possível.

 

Faz o seguinte, nos acompanhe nas nossas redes sociais. Dessa forma você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras
Participe do Canal DFÁguasClaras de notícias e bastidores no TELEGRAM – https://t.me/dfaguasclaras
Além disso, para participar do nosso grupo de Whatsapp DFÁguasClaras, envie seu número para dfaguasclaras@gmail.com
(Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie email solicitando o ingresso dfaguasclaras@gmail.com
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras

Você pode assinar o nosso PODCAST nas principais plataformas de áudio!

Spotify: https://open.spotify.com/show/2nS3gHAS4NacTdNbulW9bv?si=HePXG9zBToWZyZgWeP03fA

Podcast ITunes: https://podcasts.apple.com/br/podcast/df-aguas-claras/id1499932772

Google Podcast: https://podcasts.google.com/?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy9kYmI3ODhjL3BvZGNhc3QvcnNz

Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje carregamos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.