PCDF prende homem suspeito de ser o “tarado do carro preto” em Águas Claras.
Ele já havia sido detido pela Polícia Militar na manhã de domingo (2/4), mas acabou liberado por ausência de flagrante

 

Policiais civis prenderam, na manhã desta segunda-feira (3/4), o homem suspeito de ser o “tarado do carro preto”. O investigado estava em Águas Claras, no Distrito Federal, e foi alvo de mandado de prisão expedido pela Justiça.

Ele já havia sido detido pela Polícia Militar na manhã de domingo (2/4), mas acabou liberado por ausência de flagrante. Na ocasião a PM recebeu duas ligações informando que um homem foi visto mostrando as partes íntimas para mulheres em um carro sedã preto nas quadras 110 e 910 Sul, próximo às paradas de ônibus.

Após intensificar o policiamento, os militares localizaram o veículo suspeito e o condutor com as mesmas características passadas pelas vítimas da importunação.

O motorista foi encaminhado para a 1ª Delegacia de Polícia (Asa Sul). A PM afirmou que o suspeito já tem uma passagem por importunação ofensiva ao pudor. Além disso, há três denúncias contra ele na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Histórico de crimes

Na quarta-feira (29/3), o “tarado do carro preto” se masturbou perto de uma mulher de 20 anos e um grupo de crianças no estacionamento do Cine Brasília, na Asa Sul, mesmo bairro onde o criminoso estacionou e importunou outras pessoas, na mesma data.

Revoltada, a mulher conversou com o Metrópoles sobre o ataque. Por questão de segurança, a identidade dela será preservada. “Espero que peguem esse cara. Não desejo isso para ninguém, ainda mais crianças e adolescentes. Essa cara fez atrocidades com a gente. Ele estava rondando a Asa Sul”, afirmou.

Por volta das 12h20, a mulher estava no estacionamento entre o Cine Brasília e a parada da 106 Sul, sozinha e na sombra esperando o ônibus. Nesse momento, o carro preto parou ao lado dela.

“A janela do motorista estava abaixada. Eu consegui ver o cara segurando o telefone, mas sem falar nenhuma palavra. Percebi que o carro estava tremendo e a mão dele estava em constante movimento”, contou.

“Taradagem”

“Acho que passaram uns cinco minutos nisso. Até que um menino apareceu e falou comigo que o cara estava de taradagem e que era para eu sair dali”, afirmou. A mulher ficou muito assustada e, então, vinculou a palavra taradagem com o movimento da mão do homem. Ou seja, ele estava se masturbando. “Fiquei trêmula, de mão, corpo e de voz”, desabafou.

No mesmo momento, o motorista teria percebido o alerta e deixado o local. Mas, nesse ataque, a vítima conseguiu anotar a placa e identificar o modelo do carro: um Ônix Plus da Chevrolet.

Crianças

“O menino que me alertou falou que esse cara, momentos antes, estava perto dele e dos amigos se masturbando.”Para a jovem, o condutor do carro preto estava circulando pela Asa Sul buscando lugares com poucas pessoas para fazer novas vítimas.

“Foi terrível. Tive uma crise de ansiedade, quase uma crise de pânico no meio da rua. Não consegui descrever se foi assédio ou outro tipo de violência. Foi a primeira vez que aconteceu esse tipo de coisa comigo”, lembrou.

“Depois fiquei muito preocupada, porque esse cara parece ser um pedófilo. Fiquei com muito nojo”, desabafou.

Perfil

A mulher descreveu o motorista com características muito semelhantes às apresentadas por outra vítima entrevistada pelo Metrópoles.

“Vi de perfil. Ele é branco. Tinha uma barba meio feita, parecia aparada, um pouco clara. Estava de boné, usando uma camisa off white. Tinha um maxilar bem marcado. Tem a fisionomia de uma pessoa magra, mas forte”, contou.

Ela não identificou a marca, no entanto, notou que o celular dele era dourado ou tinha uma capa dourada. O boné seria curvado, de modelo tradicional.

A vítima passou todas as informações para Polícia Civil (PCDF) e o caso é investigado pela Delegacia Especial de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

Na quarta-feira, por volta das 10h30, o motorista teria se masturbado perto de uma mulher de 27 anos ao lado da Estação do Metrô da 108 Sul. Às 11h, teria abordado um menino de 11 anos na altura da 912 Sul.

Fonte: Metropoles

 

Faz o seguinte, nos acompanhe nas nossas redes sociais. Dessa forma você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras
Participe do Canal DFÁguasClaras de notícias e bastidores no TELEGRAM – https://t.me/dfaguasclaras
Além disso, para participar do nosso grupo de WhatsApp DFÁguasClaras, envie seu número para dfaguasclaras@gmail.com
(Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie e-mail solicitando o ingresso dfaguasclaras@gmail.com
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras

Você pode assinar o nosso PODCAST nas principais plataformas de áudio!

Spotify: https://open.spotify.com/show/2nS3gHAS4NacTdNbulW9bv?si=HePXG9zBToWZyZgWeP03fA

Podcast ITunes: https://podcasts.apple.com/br/podcast/df-aguas-claras/id1499932772

Google Podcast: https://podcasts.google.com/?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy9kYmI3ODhjL3BvZGNhc3QvcnNz

Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje carregamos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.