O aumento das dores nas costas durante o trabalho Home Office.

/, Notícias da Cidade/O aumento das dores nas costas durante o trabalho Home Office.

Estima-se que pelo menos 30% das empresas brasileiras manterão seus colaboradores em Home Office mesmo após a pandemia. Porém, essa modalidade de trabalho cada vez mais em alta, exige cuidados.

 

Para começar o mês de agosto, recebo mais uma convidada especial: A Dra Elisangela Nobre. Ela é fisioterapeuta, diretora da clínica Nobre Centro Médico, ela também é pós graduada em acupuntura e instrutora de pilates e tem acompanhado pacientes que evoluíram para, entre outros problemas, as dores na coluna por causa de horas em frente ao computador.

 

Nádia: Trabalhar em casa também tem afetado de alguma forma a saúde dos brasileiros?

Elisangela: Várias empresas tem adotado o Home Office durante a pandemia, então, muitas pessoas tiveram que improvisar um cantinho de casa para trabalhar, adaptando a mesa da cozinha, o sofá, a cama, ou o escritório. Porém, ninguém esperava que a pandemia iria se estender por vários meses. Com isso, os consultórios de fisioterapia  estão ficando cada vez mais cheios com famosa frase: “Estou com dor nas costas”. 

 

Nádia: Com essa alta demanda de um trabalho que aparentemente é mais confortável e seguro para muitos profissionais, o que fazer para que isso não se torne um pesadelo?

Elisangela: Posturas inadequadas podem causar dores e até lesões,  além de diminuir a concentração no trabalho. Devemos manter as costas retas, antebraços apoiados sobre a mesa, coxas em 90 graus em relação ao tronco, joelhos e pés também em 90 graus. E a altura do monitor do computador? Ele deve permanecer na altura da linha visual e os pés apoiados no chão. Ficar muito tempo na mesma posição não é bom para a coluna e ainda pode prejudicar a circulação do corpo. 

 

Nádia: Portanto, sabemos que manter tudo isso não é nada fácil. Então, o que fazer para que o corpo se adapte?

Elisangela: Uma das melhores maneiras de preservar a coluna no home office é ter uma boa estrutura muscular, fortalecendo os músculos que estabilizam a coluna vertebral, realizando exercícios físicos regularmente para fortalecer toda a estrutura corporal. Ficar muito tempo sentado na mesma posição acaba gerando pressão nos discos vertebrais e tensões na coluna. O indicado é que a cada pelo menos uma hora de trabalho, a pessoa faça uma pequena caminhada dentro de casa, realize exercícios de alongamento das pernas, braços e todo o tronco. 

 

Nádia: Além das dores nas costas, pessoas tem relatado que sua respiração também tem sido afetada. O que você pode nos falar sobre isso?

Elisangela: No dia a dia várias pessoas estão acostumadas com a ideia de que o dia precisa render. Isso provoca naturalmente uma respiração mais rápida e com isso mais curta. A respiração lenta associada aos exercícios de alongamento envia uma mensagem para o cérebro que aquele momento é um momento de tranquilidade e com isso temos uma resposta positiva ajudando no controle da ansiedade e no relaxamento muscular.

 

Elisangela ainda conclui que: –” Para quem já está sentindo dores na coluna ou tensão nos músculos, o indicado é colocar bolsa de água quente no local, por até 20 minutos. O calor auxilia na melhora da circulação local e no relaxamento dos músculos, aliviando a dor. Se as dores persistirem procure um profissional qualificado.”

 

Com as mudanças de rotina nosso corpo sofre um pouco, por isso, se adaptar é preciso!

E você, está em Home Office? Ou na correria do trabalho? Deixe suas dúvidas nos comentários ou fale diretamente coma Dra Elisangela Nobre! A Nobre Centro Médico fica em São Sebastião, na quadra 101 conjunto 1, lotes 11-12.

Instagram: @nobrecentromedico

@elisangela_nobre

 

Eu sou Enf. Prof. Nádia Teixeira e toda quinta feira a partir das 08h temos um encontro marcado aqui, na Coluna Café com Saúde!

Instagram: @prof.nadia_cst

 

COMECE SEU DIA COM MAIS SAÚDE E INFORMAÇÃO!

 

 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.