Moradores debatem uso de coleiras em cães nas ruas de Águas Claras

//Moradores debatem uso de coleiras em cães nas ruas de Águas Claras

Foi levantado um debate no grupo do DFAguasClaras acerca da questão do uso de coleiras em cães, prática que nem sempre é aderida na cidade.

Na última quarta feira (31), a moradora Leticia Dolabella levantou no grupo de Whatsapp do DFAguasClaras acerca da falta do uso de coleiras nos cães e da falta de recolhimento das fezes por parte de alguns moradores. Este é um assunto é bastante pertinente na cidade, pois costuma ser bastante levantado. Por isso, o DFAguasClaras decidiu questionar os moradores acerca da opinião deles sobre o tema.

Quando questionados, a grande maioria dos moradores se posicionou a favor do uso de coleiras em cães. Esse posicionamento é o mesmo para cães de todos os portes. Acerca da justificativa, os motivos são os mais variados. Ocorre que, por mais que os cães sejam julgados como dóceis por seus donos, é difícil prever o comportamento do animal em situações isoladas. Mesmo os cães dóceis podem correr e serem atacados por outros cães mais perigosos. Além disso, muitas pessoas tem medo de animais e podem se sentir intimidadas. Ademais, os cachorros podem acabar correndo pelas ruas e se envolvendo em acidentes, algo que foi relatado como muito comum.

Houve também alguns relatos sobre o uso de coleiras. A moradora Rosimar Vasconcelos, relatou que já presenciou uma cena em que um animal sem coleira acabou se aproximando de outro, que apesar de estar com coleira, o atacou. Já a moradora Tatiana Kalil, disse: “Não sou a favor de cachorros sem coleira. Sou surda e uso aparelhos auditivos. Sempre fui alertada de que alguns aparelhos emitem ruídos inaudíveis ao ouvido humano que irritam cachorros. Há casos de animais extremamente dóceis que atacaram usuários de aparelhos auditivos por isso. Então por mais fofinho seja e por mais que eu goste de cachorros, não da pra confiar.”

Por outro lado, alguns moradores disseram não se importar com a pratica de andar sem coleira. Para eles, se o animal foi adestrado ou domesticado não há problema em andar sem coleira. Sobretudo dentro do parque, já que desta maneira não há a possibilidade de que o animal vá para a rua. Entretanto, mesmo compartilhando desta opinião, muitos enfatizaram que é importante o dono estar sempre atento. Acerca do recolhimento de dejetos dos animais, não houve grande discordância, todos os moradores parecem concordar que é uma pratica necessária.

Uma outra solução positiva pra quem quer deixar os cãezinhos soltos é o chamado “ParCão”. Trata-se de um local fechado em que os donos podem deixar os cachorros soltos brincando, sem causar maiores incômodos. Entretanto, muitos moradores reclamaram da falta de manutenção desses locais, que acabam causando mais desconforto aos moradores. Os locais podem acumular lama em época de chuva e inclusive deixar um odor estranho devido aos dejetos. Por isso, é preciso que a manutenção desses locais seja feita regularmente.

Mas o que a legislação diz sobre essas praticas? Segundo a lei nº 2.095, de 1998, artigo nº 11:1º) É permitida a permanência de cães nas vias e logradouros quando portadores de registro e conduzidos com coleira e guia, por pessoas com tamanho e força necessários para mantê-los sob controle. 2º) Cães de grande porte, de raças destinadas a guarda ou ataque, usarão focinheira quando em trânsito por locais de livre acesso ao público.”

Acerca do recolhimento de fezes deixadas pelo animal. Consta ainda na lei 2.905, artigo nº 3, nos parágrafos acrescidos pela lei 6202 de 2018, que: 1º) O proprietário ou quem estiver conduzindo o passeio de animais em calçadas, ruas, praças, parques, jardins e logradouros públicos é obrigado a recolher, em recipiente próprio, os dejetos fecais. 2º) A coleta deve ser realizada de forma adequada e as fezes coletadas devem ser devidamente acondicionadas em recipientes fechados, de forma a impedir derrames de conteúdo e exalação de odores, e depositadas em lixeiras destinadas à coleta pública.

Mas e você, o que acha dessa pratica?

 

Faz o seguinte, segue o nosso Instagram que você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras

Para participar do nosso grupo de whatsapp DFÁguasClaras, envie seu número para [email protected] ( Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie email solicitando o ingresso [email protected]
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras 
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras
Ouça toda terça às 20hs (Web Rádio DFÁguasClaras) o programa Vivendo Águas Claras, um bate papo sempre muito produtivo sobre nossa cidade. Sempre com um convidado especial e sorteios de brindes para nossos ouvintes.
Para ouvir basta acessar www.dfaguasclaras.com.br

Aqui em baixo você pode conferir uma entrevista ao nosso próprio jornal impresso contando sobre a história do DFÁguasClaras.
Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje temos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.

 

 

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.