” Assim é a Vida”

///” Assim é a Vida”

“Assim é a vida” (Le Sens de la Fête)

Apesar do enorme sucesso de “Intocáveis”, a dupla de diretores Olivier Nakache e Éric Toledano continua rodando seus filmes como se o sucesso fosse parte de mais um dia feliz no trabalho.
O novo filme da dupla é uma comédia gostosa cheia de situações que poderiam acontecer com qualquer um de nós no dia a dia.
A história gira em torno de um grupo de pessoas responsáveis pela organização de uma grande festa de casamento em um castelo na França e como cada um deles vive esse dia cheio de imprevistos, alegrias e necessidades.
Max (Jean-Pierre Bacri), é o dono da empresa e trabalha praticamente com a mesma equipe a muitos anos. Cozinheiros, garçons, produção, fotógrafo, músicos, decoração e o roteiro da festa tem que estar impecáveis para que tudo ocorra bem. É aí que as coisas começam a dar errado e todos tem que se virar para que os noivos e convidados fiquem satisfeitos e não percebam o que se passa nos bastidores.
Imagine um garçom que já foi apaixonado pela noiva, um fotógrafo frustrado, um músico sem noção e uma produtora estressada. Acrescente o noivo narciso, a comida estragada, os truques para entreter os convidados, a fantasia de valete e você terá uma comédia cheia de situações engraçadas, porém sutis.
A direção do filme acerta na medida para não cair no exagero e virar caricatura. Cada um dos personagens tem uma característica peculiar, o que ajuda a dar verdade às cenas. É claro que mesmo com alguns exageros o filme é engraçado porque tudo é tratado de forma leve.
Há uma linha muito tênue entre a comédia escrachada e a comédia de costumes. Aqui as situações ficam parecidas com as que enfrentamos na vida.
Como se a nossa vida fosse a festa e os convidados, cada um com sua própria história, fizesse parte dela.O que fazemos ou deixamos de fazer, como agimos e os resultados que conquistamos fazem parte do roteiro.
“Assim é a vida” é uma comédia leve que alterna momentos de tensão com alegria. A trilha sonora que acompanha esses momentos é um personagem a parte. Os diretores acertaram na bateria (me lembrei de “Birdman” ) para expressar a correria e a pressa na condução do evento.
O filme é dividido em capítulos sinalizados pela hora em que as coisas estão acontecendo, recurso simples e eficaz que nos permite acompanhar o andamento das coisas.
Gostei e já estou com vontade de rever.
A estréia está prevista para o dia 14 de dezembro.

( Adiada para o dia 21/12)

[email protected]

No comments yet.

Leave a comment

Your email address will not be published.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.