Artista realiza obra em mural de 38 metros em Águas Claras
Artista realiza obra em mural de 38 metros em Águas Claras

No viaduto que corta a Rua Buriti e as avenidas Boulevard Sul e Norte, um artista transformou um mural cheio de anúncios ilegais e grafites antigos, em uma obra de arte de 38 metros. A obra recebeu o nome de “Tropichaos” por Rodrigo Botero, artista e tatuador que já foi morador de Águas Claras, e hoje mora na Alemanha.

Rodrigo Botero, foi morador de Águas Claras e estudante da Unb

Rodrigo nasceu em Brasília, passou a maior parte da infância no Núcleo Bandeirante e por volta de 2004 foi morar em Águas Claras. Ainda jovem, era apaixonado por desenhos e pinturas. Após terminar o ensino médio, começou a cursar Geografia, mas não se encontrou no curso.

“No meio de uma aula, involuntariamente eu estava desenhando, percebi que meu lugar não era ali. Talvez a geografia me desse uma estabilidade financeira maior do que a arte, mas era uma necessidade trabalhar com a arte e dedicar minha vida a ela” relata Rodrigo.

Rodrigo pensa na pintura como uma necessidade, assim como alguns sentem necessidade de jogar futebol, assistir filmes, comer um lanche gostoso. Para ele, seu maior prazer é pintar.

Tatuador pioneiro em Águas Claras

Assim ele passou a cursar Desenho Industrial na Universidade de Brasília e em paralelo, abriu o primeiro o primeiro estúdio de tatuagem de Águas Claras, “Boombox Tattoo” que ficava no Edifício Onix, na avenida das Castanheiras.

“Me formei na faculdade em 2008, já com uma certa notoriedade por conta da tatuagem, isso mesmo antes do “Boom” das redes sociais. Antes delas, nós artistas divulgávamos nossas obras em uma espécie de fórum online, chamado “MySpace”, nele você se conectava com pessoas de todo o mundo, inclusive tatuadores internacionais”

Já com essa notoriedade, Rodrigo fez suas primeiras viagens internacionais, a princípio para acompanhar amigos que iriam tatuar. Nessas viagens, Rodrigo conheceu pessoalmente alguns dos conhecidos do “MySpace” e também fez novos contatos. Em 2011, recebeu uma oportunidade de trabalho na Suécia, aceitou e ficou no país por 3 anos e meio

“Não me ambientei muito bem lá, clima bem frio, muito escuro, principalmente durante o inverno, poucas horas de luz do dia, a distância era maior para o brasil em relação a como é agora na Alemanha. Minhas idas para o Brasil demoravam mais de 24 horas”

Em 2014 Rodrigo recebeu outra proposta, e foi trabalhar na Alemanha, onde mora há 10 anos.

15 horas para fazer o mural em Águas Claras

Rodrigo além de tatuador tem grande experiência em pinturas. Em uma última visita a Brasília para ver a família, que ainda mora em Águas Claras, viu o muro do viaduto da Rua Buriti, e sentiu uma necessidade de pintá-lo.

“Vi aquele muro como um local especial, afinal ali tinha um grafite de um amigo que acabou falecendo de Leucemia. Além disso a janela dos meus pais fica de frente para o viaduto, assim, mesmo estando longe, deixei uma parte de mim perto deles por meio da arte”

Rodrigo passou 15 horas realizando a pintura, que além de trazer mais vida para a cidade, foi uma forma de homenagear dois amigos que ele conheceu no meio artístico e já não estão mais entre nós. Ele trata a obra também como uma forma de recuperar o muro, que estava bem degradado. Para realizar a pintura, Botero solicitou a autorização na Administração Regional e fez tudo de acordo com a legalidade.

Falta de cultura em Águas Claras

“Acho que em Águas Claras a gente carece um pouco de cultura, são muitos prédios, mas poucas áreas reservadas a cultura. Então, quis deixar só uma pintura que embelezasse a cidade.” aponta Rodrigo

A importância de viver do que gosta

Quem não gostaria de viver trabalhando com o que mais gosta? Rodrigo pensa que se você sente paixão e necessidade de trabalhar com algo, não há motivos para deixar de correr atrás do objetivo. Desse modo, as pessoas devem parar de colocar o financeiro em primeiro lugar e pensar se realmente é aquilo que elas querem fazer da vida, se de fato possuem disposição para viver do que gostam.

“É uma questão que vai muito além do dinheiro, eu mesmo sinto a necessidade de pintar, então não sei se trabalhar com outra coisa me faria bem. Outras profissões também se enquadram nisso. Muitos julgam os salários altos de jogadores de futebol, mas não imaginam os sacrifícios que os profissionais fizeram para chegar lá”

Mensagem do Artista para a população

Rodrigo observa que os artistas, principalmente pintores de rua, grafiteiros, muitas vezes são considerados como inimigos da sociedade, e isso precisa mudar.

“A maioria dos grafiteiros que eu conheço são artistas, inclusive muito melhores do que eu sou. Eles possuem um trabalho de extrema qualidade, eles vivem aquilo e são parte da comunidade. Então na verdade, o que a gente precisa é que exista uma comunicação melhor entre o grafiteiro e a sociedade. Para que eles consigam fazer o que eu fiz, agindo dentro da legalidade, consegui fazer uma arte que refletiu positivamente para a população de Águas Claras no geral”

Caso você queira conhecer um pouco mais sobre a história de Rodrigo Botero, clique aqui

Faz o seguinte, nos acompanhe nas nossas redes sociais. Dessa forma você fica sabendo primeiro DFÁguasClaras

Participe do Canal DFÁguasClaras de notícias e bastidores no TELEGRAM – https://t.me/dfaguasclaras
Além disso, para participar do nosso grupo de WhatsApp DFÁguasClaras, envie seu número para dfaguasclaras@gmail.com
(Somente assuntos de Águas Claras).
Grupo DFÁguasClaras no Telegram (Capacidade de 100 mil membros): Envie e-mail solicitando o ingresso dfaguasclaras@gmail.com
DFÁguasClaras – Nossa Cidade Passa por Aqui!
No twitter siga: @DFAguasClaras
Facebook: www.facebook.com/dfaguasclaras
Youtube: www.youtube.com/dfaguasclaras

Você pode assinar o nosso PODCAST nas principais plataformas de áudio!

Spotify: https://open.spotify.com/show/2nS3gHAS4NacTdNbulW9bv?si=HePXG9zBToWZyZgWeP03fA

Podcast: https://www.youtube.com/@DFAguasClarasPodcast

Google Podcast: https://podcasts.google.com/?feed=aHR0cHM6Ly9hbmNob3IuZm0vcy9kYmI3ODhjL3BvZGNhc3QvcnNz

Todo projeto do DFÁguasClaras foi pensado de forma compartilhada e comunitária, por isso hoje carregamos a responsabilidade e o orgulho de ajudar Águas Claras a ser uma cidade melhor.